Archive for setembro, 2012


Prezados leitores do A Morte, recebi de um amigo estes links para livros grátis para download ou impressão do site Domínio Público, que hospeda textos, imagens, sons e outros tipos de mídias digitais. Infelizmente, parece que o site pode ser fechado por desuso, e nós perderíamos um grande acervo de obras diversas da literatura mundial. Aproveitem, baixem e divulguem.

Só mais uma coisa, vários links estão quebrados,

É só clicar no título para ler ou imprimir.

1. A Divina Comédia -Dante Alighieri 2. A Comédia dos Erros -William Shakespeare 3. Poemas de Fernando Pessoa -Fernando Pessoa 4. Dom Casmurro -Machado de Assis 5. Cancioneiro -Fernando Pessoa 6. Romeu e Julieta -William Shakespeare 7. A Cartomante -Machado de Assis 8. Mensagem -Fernando Pessoa 9. A Carteira-Machado de Assis 10. A Megera Domada -William Shakespeare 11. A Tragédia de Hamlet, Príncipe da Dinamarca -William Shakespeare 12. Sonho de Uma Noite de Verão -William Shakespeare 13.. O Eu profundo e os outros Eus. -Fernando Pessoa 14. Dom Casmurro -Machado de Assis 15.. Do Livro do Desassossego -Fernando Pessoa 16. Poesias Inéditas -Fernando Pessoa 17. Tudo Bem Quando Termina Bem -William Shakespeare 18. A Carta -Pero Vaz de Caminha 19. A Igreja do Diabo -Machado de Assis 20. Macbeth -William Shakespeare 21. Este mundo da injustiça globalizada -José Saramago 22. A Tempestade -William Shakespeare 23. O pastor amoroso -Fernando Pessoa 24. A Cidade e as Serras -José Maria Eça de Queirós 25. Livro do Desassossego -Fernando Pessoa 26. A Carta de Pero Vaz de Caminha -Pero Vaz de Caminha 27. O Guardador de Rebanhos -Fernando Pessoa 28. O Mercador de Veneza -William Shakespeare 29. A Esfinge sem Segredo -Oscar Wilde 30. Trabalhos de Amor Perdidos -William Shakespeare 31. Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis 32. A Mão e a Luva -Machado de Assis 33. Arte Poética -Aristóteles 34. Conto de Inverno -William Shakespeare 35. Otelo, O Mouro de Veneza -William Shakespeare 36. Antônio e Cleópatra -William Shakespeare 37. Os Lusíadas -Luís Vaz de Camões 38. A Metamorfose -Franz Kafka 39. A Cartomante -Machado de Assis 40. Rei Lear -William Shakespeare 41. A Causa Secreta -Machado de Assis 42. Poemas Traduzidos -Fernando Pessoa 43. Muito Barulho Por Nada -William Shakespeare 44. Júlio César -William Shakespeare 45. Auto da Barca do Inferno -Gil Vicente 46.. Poemas de Álvaro de Campos -Fernando Pessoa 47. Cancioneiro -Fernando Pessoa 48. Catálogo de Autores Brasileiros com a Obra em Domínio Público -Fundação Biblioteca Nacional 49. A Ela -Machado de Assis 50. O Banqueiro Anarquista -Fernando Pessoa 51.Dom Casmurro -Machado de Assis 52. A Dama das Camélias -Alexandre Dumas Filho 53. Poemas de Álvaro de Campos -Fernando Pessoa 54. Adão e Eva -Machado de Assis 55. A Moreninha -Joaquim Manuel de Macedo 56. A Chinela Turca -Machado de Assis 57. As Alegres Senhoras de Windsor -William Shakespeare 58. Poemas Selecionados -Florbela Espanca 59. As Vítimas-Algozes -Joaquim Manuel de Macedo 60. Iracema -José de Alencar 61. A Mão e a Luva -Machado de Assis 62. Ricardo III -William Shakespeare 63. O Alienista -Machado de Assis 64. Poemas Inconjuntos -Fernando Pessoa 65. A Volta ao Mundo em 80 Dias -Júlio Verne 66. A Carteira -Machado de Assis 67. Primeiro Fausto -Fernando Pessoa 68. Senhora -José de Alencar 69. A Escrava Isaura -Bernardo Guimarães 70. Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis 71. A Mensageira das Violetas -Florbela Espanca 72. Sonetos -Luís Vaz de Camões 73. Eu e Outras Poesias -Augusto dos Anjos 74.Fausto -Johann Wolfgang von Goethe 75. Iracema -José de Alencar 76. Poemas de Ricardo Reis -Fernando Pessoa 77. Os Maias -José Maria Eça de Queirós 78. O Guarani -José de Alencar 79. A Mulher de Preto -Machado de Assis 80. A Desobediência Civil -Henry David Thoreau 81. A Alma Encantadora das Ruas -João do Rio 82. A Pianista -Machado de Assis 83. Poemas em Inglês -Fernando Pessoa 84. A Igreja do Diabo -Machado de Assis 85. A Herança -Machado de Assis 86. A chave -Machado de Assis 87.. Eu -Augusto dos Anjos 88. As Primaveras -Casimiro de Abreu 89. A Desejada das Gentes -Machado de Assis 90. Poemas de Ricardo Reis -Fernando Pessoa 91. Quincas Borba -Machado de Assis 92. A Segunda Vida -Machado de Assis 93. Os Sertões -Euclides da Cunha 94. Poemas de Álvaro de Campos -Fernando Pessoa 95. O Alienista -Machado de Assis 96. Don Quixote. Vol. 1 -Miguel de Cervantes Saavedra 97. Medida Por Medida -William Shakespeare 98.Os Dois Cavalheiros de Verona -William Shakespeare 99. A Alma do Lázaro -José de Alencar 100. A Vida Eterna -Machado de Assis 101. A Causa Secreta -Machado de Assis 102. 14 de Julho na Roça -Raul Pompéia 103. Divina Comedia -Dante Alighieri 104. O Crime do Padre Amaro -José Maria Eça de Queirós 105. Coriolano -William Shakespeare 106. Astúcias de Marido -Machado de Assis 107. Senhora -José de Alencar 108. Auto da Barca do Inferno -Gil Vicente 109. Noite na Taverna -Manuel Antônio Álvares de Azevedo 110. Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis 111. A ‘Não-me-toques’ ! -Artur Azevedo 112. Os Maias -José Maria Eça de Queirós 113. Obras Seletas -Rui Barbosa 114. A Mão e a Luva -Machado de Assis 115. Amor de Perdição -Camilo Castelo Branco 116. Aurora sem Dia -Machado de Assis 117. Édipo-Rei -Sófocles 118. O Abolicionismo -Joaquim Nabuco 119. Pai Contra Mãe -Machado de Assis 120. O Cortiço -Aluísio de Azevedo 121. Tito Andrônico -William Shakespeare 122. Adão e Eva -Machado de Assis 123. Os Sertões -Euclides da Cunha 124. Esaú e Jacó -Machado de Assis 125. Don Quixote -Miguel de Cervantes 126. Camões -Joaquim Nabuco 127. Antes que Cases -Machado de Assis 128. A melhor das noivas -Machado de Assis 129. Livro de Mágoas -Florbela Espanca 130. O Cortiço -Aluísio de Azevedo 131. A Relíquia -José Maria Eça de Queirós 132.Helena -Machado de Assis 133. Contos -José Maria Eça de Queirós 134. A Sereníssima República -Machado de Assis 135. Iliada -Homero 136. Amor de Perdição -Camilo Castelo Branco 137. A Brasileira de Prazins -Camilo Castelo Branco 138.. Os Lusíadas -Luís Vaz de Camões 139. Sonetos e Outros Poemas -Manuel Maria de Barbosa du Bocage 140. Ficções do interlúdio: para além do outro oceano de Coelho Pacheco. -Fernando Pessoa 141. Anedota Pecuniária -Machado de Assis 142. A Carne -Júlio Ribeiro 143. O Primo Basílio -José Maria Eça de Queirós 144. Don Quijote -Miguel de Cervantes 
145. A Volta ao Mundo em Oitenta Dias -Júlio Verne 146. A Semana -Machado de Assis 147. A viúva Sobral -Machado de Assis 148. A Princesa de Babilônia -Voltaire 149. O Navio Negreiro -Antônio Frederico de Castro Alves 150. Catálogo de Publicações da Biblioteca Nacional -Fundação Biblioteca Nacional 151. Papéis Avulsos-Machado de Assis 152. Eterna Mágoa -Augusto dos Anjos 153. Cartas D’Amor -José Maria Eça de Queirós 154. O Crime do Padre Amaro -José Maria Eça de Queirós 155. Anedota do Cabriolet -Machado de Assis 156.Canção do Exílio -Antônio Gonçalves Dias 157. A Desejada das Gentes -Machado de Assis 158. A Dama das Camélias -Alexandre Dumas Filho 159. Don Quixote. Vol. 2 -Miguel de Cervantes Saavedra 160. Almas Agradecidas -Machado de Assis 
161. Cartas D’Amor – O Efêmero Feminino -José Maria Eça de Queirós 162. Contos Fluminenses -Machado de Assis 163. Odisséia -Homero 164. Quincas Borba -Machado de Assis 165. A Mulher de Preto -Machado de Assis 166. Balas de Estalo -Machado de Assis 167. A Senhora do Galvão -Machado de Assis 168. O Primo Basílio -José Maria Eça de Queirós 169. A Inglezinha Barcelos -Machado de Assis 170. Capítulos de História Colonial (1500-1800) -João Capistrano de Abreu 171. CHARNECA EM FLOR -Florbela Espanca 172. Cinco Minutos -José de Alencar 173. Memórias de um Sargento de Milícias -Manuel Antônio de Almeida 174. Lucíola -José de Alencar 175.. A Parasita Azul -Machado de Assis 176. A Viuvinha -José de Alencar 177. Utopia -Thomas Morus 178. Missa do Galo -Machado de Assis 179. Espumas Flutuantes -Antônio Frederico de Castro Alves 180. História da Literatura Brasileira: Fatores da Literatura Brasileira -Sílvio Romero 181. Hamlet -William Shakespeare 182. A Ama-Seca -Artur Azevedo 183. O Espelho -Machado de Assis 184. Helena -Machado de Assis 185. As Academias de Sião

Anúncios

CONFERÊNCIA

TÍTULO: Sobre Modificações na Estrutura Geométrica dos Cenários de Branas.
PALESTRANTE: José Euclides Gomes da Silva (Departamento de Física/UFC).
DATA/HORÁRIO: 06/09/2012 (quinta-feira) às 16h.
LOCAL: Sala 3 – Bloco 914 – 1o. andar (Campus do Pici).

RESUMO

O cenário de branas surgiu no final da década de 1990 como uma teoria efetiva de dimensões extras oriundas de teoria de cordas. No entanto, assumindo nosso universo como uma hipersuperfície mergulhada em um espaço-tempo de dimensão maior, foi possível não fomente responder certas questões teóricas em aberto, como o problema da hierarquia entre a força eletrofraca e gravitacional e o valor da constante cosmológica, como também notou-se a possibilidade de existir dimensões extras não-compactas onde os campos de matéria poderiam propagar-se. Em seis dimensões, supondo a brana como um objeto estático e com simetria cilíndrica em relação a dimensão extra não compacta, temos a chamada “brana tipo-corda”. Tal solução já havia sido estudada anos antes em (3+1) dimensões principalmente no tocante às cordas cósmicas. Uma propriedade importante desta solução é que seu vácuo é cônico (não-trivial), com o déficit angular proporcional a massa da corda. Neste seminário iremos esboçar algumas ideias sobre o estudo dos efeitos que parametrizações da variedade transversa a brana tipo-corda tem sobre a geometria da brana e sobre os campos que vivem no entorno da brana. Discutiremos os efeitos da escolha de uma secção de uma versão suavizada do conifold, um orbifold bastante conhecido em teoria de cordas, o chamado conifold resolvido. Além disso, exploraremos o cigar soliton de Hamilton como variedade transversa destacando suas vantagens frente às outras soluções existentes na literatura. Finalizaremos expondo algumas perspectivas, como a utilização de soluções cilindricamente simétricas estacionárias – corda com momentum angular -;introdução de um quebra geométrica da simetria de Lorentz através de uma geometria de Finsler e o estudo de soluções axisimétricas e estacionarias em gravidade de Horava-Lifshtz.

CONFERÊNCIA

TÍTULO: Sobre Modificações na Estrutura Geométrica dos Cenários de Branas.
PALESTRANTE: José Euclides Gomes da Silva (Departamento de Física/UFC).
DATA/HORÁRIO: 06/09/2012 (quinta-feira) às 16h.
LOCAL: Sala 3 – Bloco 914 – 1o. andar (Campus do Pici).

RESUMO

O cenário de branas surgiu no final da década de 1990 como uma teoria efetiva de dimensões extras oriundas de teoria de cordas. No entanto, assumindo nosso universo como uma hipersuperfície mergulhada em um espaço-tempo de dimensão maior, foi possível não fomente responder certas questões teóricas em aberto, como o problema da hierarquia entre a força eletrofraca e gravitacional e o valor da constante cosmológica, como também notou-se a possibilidade de existir dimensões extras não-compactas onde os campos de matéria poderiam propagar-se. Em seis dimensões, supondo a brana como um objeto estático e com simetria cilíndrica em relação a dimensão extra não compacta, temos a chamada “brana tipo-corda”. Tal solução já havia sido estudada anos antes em (3+1) dimensões principalmente no tocante às cordas cósmicas. Uma propriedade importante desta solução é que seu vácuo é cônico (não-trivial), com o déficit angular proporcional a massa da corda. Neste seminário iremos esboçar algumas ideias sobre o estudo dos efeitos que parametrizações da variedade transversa a brana tipo-corda tem sobre a geometria da brana e sobre os campos que vivem no entorno da brana. Discutiremos os efeitos da escolha de uma secção de uma versão suavizada do conifold, um orbifold bastante conhecido em teoria de cordas, o chamado conifold resolvido. Além disso, exploraremos o cigar soliton de Hamilton como variedade transversa destacando suas vantagens frente às outras soluções existentes na literatura. Finalizaremos expondo algumas perspectivas, como a utilização de soluções cilindricamente simétricas estacionárias – corda com momentum angular -;introdução de um quebra geométrica da simetria de Lorentz através de uma geometria de Finsler e o estudo de soluções axisimétricas e estacionarias em gravidade de Horava-Lifshtz.

Journal Club 2012.2 do Grupo de Teoria Quântica de Campos da UFC.

ESPECTRO DE MASSA PARA A ESFERA FUZZY

Victor Santos – UFC (doutorando)
Data: 13/09/2012, quinta-feira.
Horário: 13h.
Local: departamento de Física – Bloco 924, sala 3.

Resumo

Em teorias de gravitação quântica, é razoável pensar que hajam flutuações no horizonte de eventos de um buraco negro modifique o caráter térmico da radiação Hawking. Podemos suspeitar por exemplo que essa modificação tenha origem na própria estrutura do espaço-tempo, como na chamada abordagem canônica de gravitação quântica. Recentemente foi proposto um modelo para explicar a perda de informação inerente à evaporação de buracos negros, baseado na mudança de topologia de um tipo particular de variedade quântica (quantum manifold) denominada esfera fuzzy (fuzzy sphere). Em contraste com os modelos sugeridos até então, a esfera fuzzy apresenta um espectro de área logarítmico, cujo comportamento contribui de forma significante no processo de emissão de partículas quando o espectro de área se torna essencialmente discreto. Neste trabalho queremos investigar em detalhes os processos de emissão-absorção de partículas, calculando as intensidades das linhas através da chamada regra de ouro de Fermi. Para tanto, neste seminário iremos discutir a primeira parte deste trabalhom que é o cálculo do espectro de massa de um buraco negro (com carga e momento angular) descrito por uma esfera fuzzy.